Quem é Gene Cheeseman?

Gene Cheeseman nasceu em 23 de outubro de 1968, em Juneau, Alasca, EUA, e é um empreiteiro, além de um personagem de TV, o mais reconhecido por ter ganhado fama por meio do programa de TV da atualidade Discovery intitulado Gold Rush, pelo qual foi visto ao lado as diferentes personalidades da moda do show, uma reminiscência de Parker Schnabel.

postado por Gene Cheeseman sobre Quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

A riqueza de Gene Cheeseman

Quão rico é Gene Cheeseman? Em meados de 2019, as fontes estimam um preço pela Internet de mais de US $ 250.000, obtido por meio de uma profissão lucrativa como empreiteiro de mineração de ouro. Ele também ganhou uma grande quantidade de dinheiro por meio de seu trabalho na TV, e sua fama o levou a diferentes alternativas também. Conforme ele continua seus esforços, prevê-se que sua riqueza continuará a se estender.

Início da vida e da mineração de ouro

Gene cresceu em uma família que conhecia a contratação de trabalhos e o uso de equipamentos pesados. Seu avô e seu tio trabalhavam como operadores de equipamento pesado, e ele cresceu com esse método exaustivo desde muito jovem, tentando estudar seu ofício. Ele vem de uma família de mineiros de ouro, junto com seu tataravô, um dos muitos primeiros mineiros de ouro do Alasca no final do século XIX.

Gene Cheeseman

Aos seis anos, ele teve sua primeira experiência dirigindo equipamentos pesados, removendo neve utilizando uma escavadeira D6. Após o término da formação, passou a atuar como empreiteiro, voltado para cada obra rodoviária e desenvolvimento de edificações. Eventualmente, vendo a perspectiva de riqueza na mineração de ouro, ele cresceu e se tornou mais direcionado para esse ofício. Sua experiência com equipamentos pesados ​​e o passado histórico de sua família na mineração de ouro significava que ele tinha uma vantagem, e isso o levou a trabalhar com Parker Schnabel, que por sua vez, o levou a seu visual na TV.

Corrida do ouro

Cheeseman cresceu para se tornar parte do show Gold Rush: Alaska - mais tarde renomeado para Gold Rush - que segue os esforços de mineração de ouro de várias empresas, em grande parte administradas por famílias na área de Klondike, no Canadá. Nas temporadas atuais, eles também apresentaram esforços de prospecção em diferentes elementos da América do Norte e América do Sul, juntamente com o Alaskan Panhandle, Guiana e Oregon. O título do show é uma referência ao período de tempo que sugere a descoberta de um novo ouro. Também pode ser um referência à era da mineração de ouro, quando alguns garimpeiros vasculhavam várias áreas nos Estados Unidos, tentando enriquecê-los descobrindo ouro.

Durante a temporada primária, o exposição voltado para a narração de histórias, seguindo homens que, devido a questões financeiras, perderam seus empregos e decidiram ir ao Alasca para tentar descobrir ouro; muitos indivíduos da feira começaram com pouca ou quase nenhuma experiência em mineração de ouro. A partir da segunda temporada, o programa rastreou os esforços e a receita de cada equipe. O show ganhou numerosa reputação desde o seu início, e acabou por ser uma das muitas três revelações da atualidade no Discovery em todo o seu auge.

Aparências e dinâmica na televisão

Gene apareceu pela primeira vez no decorrer da quarta temporada do Gold Rush, tornando-se um capataz empregado da Parker Crew quando eles começaram a minerar seu novo declara Scribner Creek. Ele cresceu rapidamente para se tornar uma parte essencial da equipe e era famoso por sua produtividade, além de sua dedicação. Ele gerenciava equipamentos pesados ​​e, além disso, gerenciava os indivíduos de Parker. Ele era considerado muito valioso por seu chefe até que os 2 finalmente se separaram, no entanto, trabalhou três temporadas com Parker até que as frustrações entre os 2 o levaram a deixar a equipe. Segundo ele, os problemas que teve com Schnabel decorriam da falta de comunicação correta entre eles.

A comunicação era exaustiva para os 2, já que eles não o eram de forma alguma indivíduos sociais. Ele finalmente se juntou a outra equipe comandada por Tony Beets no decorrer da sexta temporada, e começou a trabalhar na declaração de Eureka Creek, além da Dredge Viking. Ele retornou no decorrer da sétima temporada para trabalhar com Beets, perseverando com as operações da Frota Viking, além de Beets Dredge 2. O show geralmente o mostra junto com seu canino chamado Puck e um navio conhecido como Retriever, um motor de popa barco motorizado reconhecido por servir para atrair ouro. Nos últimos anos, ele tem estado notavelmente ausente da TV, e isso pode ser atribuído à contratação de novos empreiteiros por Beets ou ao desinteresse de Gene em perseverar em seus empreendimentos na TV.

Vida Pessoal e Redes Sociais

Para sua vida privada, reconhece-se que Cheeseman se casou com Jennifer George algum dia no final dos anos oitenta. Eles tiveram dois filhos juntos e, independentemente de um relacionamento sólido inicialmente, as questões finalmente foram deixadas de lado e os dois decidiram se divorciar. Desde então, sua ex-mulher mudou-se com alguém novo e, por meio dos empreendimentos românticos de Cheeseman, ele não falou sobre essa faceta de sua vida, com muitas fontes especulando que ele é solteiro.

Hora do caranguejo para a família Cheeseman. Aproveite o episódio hoje à noite! Obrigado por tudo do aniversário adequadamente precisa. pic.twitter.com/EUB1kDL0gX

- Gene Cheeseman (@GoldRushGene) 23 de outubro de 2015

Semelhante a algumas personalidades da TV, ele era ativo on-line por meio de contas nas redes sociais, e também no Twitter e Facebook. Ele estava muito animado em sua conta no Twitter, geralmente postando algumas de suas ideias do dia-a-dia junto com uma série de fotos privadas junto com estas junto com sua família. Ele também postou uma série de cenas de retrocesso aqui e ali. No entanto, ele não está animado desde 2018, o que alimentou hipóteses sobre seu estado atual. Correram rumores de que ele entregou, embora não tenha sido confirmado. Ele também tem uma conta no Facebook, mas a conta está inativa há mais tempo, não postando nada novo desde 2015.