Duas crianças ficaram com intoxicação por monóxido de carbono depois que sua casa foi transformada em uma armadilha mortal durante as obras.

Lisa Hopper pagou a David Coulson e sua agência mais de £ 18.000 para trabalhar em uma extensão que deixou seu filho de três e 14 anos em acidente e emergência.

Um julgamento do tribunal ouviu que a Srta. Hopper também se sentiu muito mal e o cão doméstico entrou em colapso por causa da fumaça letal que circulava em torno de sua casa em Newcastle.

A casa também foi sujeita a explosão de gasolina, eletrocussão e lareira por causa de um conjunto de falhas de saúde e segurança.

Coulson, 36, de Gofton Walk, West Denton, que era o único diretor da Coulson Construction North East, estava fora de seu alcance como supervisor de empreendimento e subcontratou o trabalho, o julgamento foi ouvido.

Agora, ele recebeu uma sentença de prisão suspensa no Newcastle Crown Court, depois de admitir quebras de saúde e segurança.

A senhorita Hopper decidiu ter uma extensão para o novo de sua casa na Lichfield Avenue, Walker, Newcastle, em 2018 e organizou para a agência de Coulson mantê-la, presumindo que ele mesmo faria isso.

Sentenciando Coulson, o gravador Andrew Haslam QC declarou: Avance um mês ou mais tarde e a Srta. Hopper ficou triste com o trabalho e o estado de sua cozinha.

o dólar geral abre no dia do memorial

Ela entrou em contato com você e você também pareceu despreocupado.

Ela tinha sofrido complicações nos últimos dias que foram tão extremas que a obrigaram a se deitar no colchão e ele ou ela se sentiu doente e esgotado.

O canino entrou em colapso e sua filha de três anos estava dormindo mais do que o normal e estava vomitando.

Miss Hopper procurou recomendação médica e foi aconselhada a ir para o acidente e emergência.

hora central da contagem regressiva da véspera de ano novo

No RVI, suas filhas receberam oxigênio e descobriram que tinham 2% de monóxido de carbono no sangue.

A senhorita Hopper avisou Coulson sobre o ocorrido e ele ficou chateado e pediu a ela que não denunciasse às autoridades.

Ela acabou tendo que pagar a outro empreiteiro centenas de quilos a mais para resolver os problemas e o Executivo de Saúde e Segurança foi contatado.

Uma investigação revelou 14 defeitos nas fábricas de gasolina, três dos quais sem dúvida prejudiciais à vida ou à propriedade.



O interior da casa de Lisa Hopper ao longo do trabalho que a deixou em um estado prejudicial
(Imagem: Newcastle Chronicle)

A pauta do tribunal ouviu que a srta. Hopper havia recebido garantias de operários de que a manutenção seria segura utilizando a caldeira depois que a parede ao redor dela fosse derrubada.

Quando ela percebeu fumaça negra saindo dele, ela o desligou e contatou Coulson, que a atendeu e garantiu que seria seguro continuar usando-o.

Conexões elétricas e tomadas também foram deixadas penduradas no teto e ele foi informado de que era seguro mantê-las usando-as.

Quando a Srta. Hopper expressou considerações a Coulson, ele se organizou para que 2 encanadores, que não tinham registro seguro de gasolina, comparecessem e foi então que os resultados do envenenamento por monóxido de carbono foram revelados.

O promotor Ben Thomas declarou que a srta. Hopper avisou Coulson sobre o que havia ocorrido.

O Sr. Thomas afirmou: Ele comprou chateado e afirmou que poderia ser a dica de sua profissão se o que ocorresse fosse comprado

Ele a aconselhou a não informar ninguém e ele resolveria.

fotos de kailyn lowry e chris lopez

A pauta do tribunal ouviu Coulson declarar que renunciaria a £ 1.500 da fatura se ela não informasse ninguém.

Ela finalmente contatou um outro contratado e, conseqüentemente, o Health and Safety Executive ficou informado.

Um conhecedor descobriu 14 defeitos no funcionamento da gasolina, três dos quais foram indubitavelmente prejudiciais. A chaminé tinha faixas excessivas de monóxido de carbono e não era vedada e a caldeira era sustentada por meio de uma corda e um bloco de concreto.

O Sr. Thomas declarou: A chaminé terminou dentro da propriedade, então estava descarregando a mercadoria da combustão para dentro da casa.

Ele acrescentou que, embora Coulson não fizesse o trabalho sozinho, ele estava pessoalmente preocupado, comparecia repetidamente e permitia que a família ficasse, enquanto o trabalho adicional era concluído mesmo depois de ser alertado sobre os riscos.

O Sr. Thomas declarou: Havia perigo de morte por envenenamento por monóxido de carbono, por explosão de gasolina, eletrocução ou lareira por falha {elétrica}.

Referindo-se a uma declaração de impressão de sofredora, ele afirmou que a Srta. Hopper ficou ansiosa em relação à impressão em seus vizinhos quando um profissional de saúde a aconselhou a não voltar para casa e ele ou ela passou dois meses morando com sua mãe.

O pai dela lhe deu dinheiro pelo trabalho e mais tarde morreu, e o Sr. Thomas afirmou: Ele guardou dizendo que o dinheiro quase os matou.

Quanto à senhorita Hopper, ele acrescentou: Ela continua verificando a caldeira e o alarme e pensando que será capaz de cheirar gasolina. Ela continua verificando o monitor de monóxido de carbono.

meia-noite no elenco de magnólia

Ela está preocupada se os funcionários que fizeram o trabalho ainda deveriam estar trabalhando e colocando as pessoas em perigo.

Coulson se declarou responsável por violar as regras de bem-estar e segurança e não fornecer detalhes sobre os trabalhadores que contratou.

Ele foi condenado a 12 meses de suspensão por 2 anos com 250 horas de trabalho não remunerado, toque de recolher de 3 meses entre 19h e 6h e preços de £ 5.200

morte de mim sinopse

Richard Bloomfield, em defesa, afirmou: De certa forma, ele se tornou um bode expiatório para isso.

Ele estava fora de seu alcance como supervisor de risco. Sua formação é em trabalhos de pavimentação e base.

Ele precisava subcontratar outras pessoas em seu nome para realizar um trabalho que ele não tinha pensado em executar.

Foi a primeira vez que ele terminou um empreendimento desta dimensão e natureza.

Ele não fez nenhum dos trabalhos reclamados. Ele o subcontratou para pessoas que ele conhecia, indivíduos que lhe garantiram que eram competentes para fazer o trabalho, mas é bastante aparente que não eram.

Ele expressou verdadeiro pesar e admite que cometeu um erro gigantesco. Ele reconhece a necessidade de evitar problemas que não perceberia.


abastecimento: https://www.chroniclelive.co.uk/information/north-east-news/walker-children-poisoned-carbon-monoxide-20564064