Lady Colin Campbell, 71, criticou o príncipe Harry sobre a melhor maneira como ele se comportou com as histórias de que o jornalista Martin Bashir havia feito declarações de instituições financeiras para conseguir o ingresso de sua mãe, a princesa Diana. A famosa jornalista da BBC entrevistou a princesa de Gales para o Panorama novamente em 1995, o lugar onde ela fez muitas revelações bombásticas.

Uma investigação imparcial de Lord Dyson, um ex-presidente sênior, descobriu que Martin havia usado o engano para garantir a entrevista, após a qual mentiu para os gerentes da BBC.

Falando sobre a reação do Príncipe Harry ao relatório, Lady Colin Campbell mencionou: Ele precisa ser livre para dizer o que precisa, no entanto, qualquer um que diga o que ele não precisa ouvir precisa ser silenciado.

Acho que a coisa toda pode ser muito lamentável.

Lady Colin, em contraste, a melhor maneira como o Príncipe William e seu irmão mais jovem fizeram declarações para defender sua mãe após as conclusões do relatório.

William fala sobre, ‘Minha mãe’ [em sua declaração], no entanto, Harry, que tem estado ocupado compartilhando e vai perseverar para compartilhar toda sua aversão por sua família, rapidamente está falando sobre ‘Nossa mãe’.

Quando pode haver status a ser conquistado e milhagem a ganhar por meio da transformação de Diana na mãe de Harry e William, ela é 'a mãe deles', porém em ocasiões diferentes, ela é, 'mãe de Harry' e William é excluído do imagem.

história real de filme de cachorro alfa

O oportunismo crasso, a vulgaridade, toda a falta de dignidade, simplesmente horrível.

Em sua afirmação dada em resposta às descobertas do relatório de Lord Dyson, o Príncipe Harry posicionou a culpa pela morte de sua mãe no que ele percebeu ser uma tradição venenosa da mídia.

O duque mencionou que o impacto em cascata de uma tradição de exploração e práticas antiéticas no final tirou a vida de sua mãe.

Ele expressou preocupação com a disseminação de tais práticas enquanto falamos, incluindo o fato de ser maior do que um meio de comunicação, uma comunidade ou uma publicação.

Nossa mãe perdeu sua vida devido a isso, e nada mudou. Ao defender o seu legado, defendemos a todos e defendemos a dignidade com que ela viveu a sua vida, referiu.

Enquanto o duque de Cambridge culpou os fracassos da BBC na entrevista, junto com sua mãe, por alimentar a paranóia dela e piorar o relacionamento entre sua mãe e seu pai.

NÃO PERCA:
Aljaz Skorjanec admite que, mesmo assim, está 'muito lívido' com a saída do Strictly (FOTOS)
Jamie Redknapp, 47, 'pronto para se transformar em pai' mais uma vez com a namorada modelo (NEWS)
Rob Lowe diz que Montecito não tem sido 'o mesmo' desde que a realeza se mudou (MAIS RECENTE)

Depois que um inquérito descobriu que a BBC não atendia às suas exigências, o príncipe William mencionou que estava muito triste por Diana, de forma alguma perceber que ela havia sido enganada.

Ele mencionou que sua mãe foi reprovada não apenas por um repórter desonesto, mas por chefes da BBC.

A Polícia Metropolitana mencionou que deveria avaliar o novo relatório, depois de decidir de antemão por se opor a uma investigação criminal.

A garota está aberta na sexta-feira negra

A BBC também escreveu uma carta de desculpas aos príncipes William e Harry, além do príncipe de Gales e irmão de Diana, conde Spencer.

A entrevista, transmitida no final de 1995, foi um furo enorme para a BBC, porque de forma alguma antes um servo real falara em frases tão sinceras sobre a vida na família real ou os relacionamentos com diferentes realezas.

A princesa Diana admitiu ter um caso e mencionou que o caso do príncipe Charles com Camilla Parker Bowles (agora sua esposa, a duquesa da Cornualha) a fez se sentir realmente irritante.

Ela falou que havia três de nós no casamento e revelou que teve bulimia e se feriu sozinha.

Mais de 20 milhões de pessoas assistiram à entrevista e ela causou enorme polêmica em todo o mundo.

Martin mencionou em um comunicado à imprensa: Esta é a segunda vez que eu coopero totalmente de boa vontade com uma investigação em ocasiões superiores a 25 anos no passado. Pedi desculpas então, e faço isso mais uma vez agora, pela verdade de que solicitei a simulação de demonstrativos de instituições financeiras.

Foi uma coisa boba de se fazer e foi um movimento do qual me arrependo profundamente. Mas eu mantenho completamente a prova que dei 1/4 de século no passado, e mais uma vez mais recentemente.

Além disso, reitero que as demonstrações das instituições financeiras não tiveram qualquer relação com a seleção privada da princesa Diana para participar da entrevista. As provas entregues ao inquérito em sua caligrafia pessoal (e reveladas ao lado do relatório enquanto falamos) confirmam isso inequivocamente, e diferentes provas convincentes oferecidas a Lord Dyson o reforçam.

Montanhas Panessar

Categorias: Hollywood Wiki Hulu