Um hospital do Nordeste confirmou que atualmente não tem portadores de coronavírus, mas alertou que as pessoas devem permanecer vigilantes.



Sabe-se que é a primeira vez que o hospital Queen Elizabeth em Gateshead não recebe pacientes com Covid desde o final de agosto.

Mas Andy Beeby, diretor médico da Gateshead Health NHS Foundation Trust, alertou que o vírus continua em circulação e exortou as pessoas a seguirem as bases.

Ele declarou: Podemos afirmar que o Trust atualmente não tem vítimas de Covid, no entanto, é vital ter em mente que o vírus continua em circulação e devemos permanecer vigilantes.



Todos nós queremos jogar a nossa metade para dar os passos subsequentes para sair do bloqueio de maneira meticulosa e segura. Queremos manter a nós mesmos, nossas famílias e nossas comunidades protegidas seguindo as regras, perseverando em nos encontrarmos exclusivamente ao ar livre, permanecer socialmente distanciados e ter em mente os dedos, o rosto, a casa, o ar contemporâneo.

Isso ocorre depois que o conhecimento de março mostra que o coronavírus foi a terceira principal razão para a morte na Inglaterra e no País de Gales.

Desde outubro de 2020, é a primeira vez que o vírus não é o assassino mais importante nas duas nações.



O conhecimento do Office for National Statistics (ONS) mostra que a Covid foi responsável por 9,2% de todas as mortes registradas na Inglaterra e 6,3% no País de Gales.

Antigamente, era a principal razão para o desaparecimento todos os meses de novembro a fevereiro, relatou Wales Online.

A principal razão para a morte foi demência e doença de Alzheimer na Inglaterra, responsável por 10,1% de todas as mortes registradas em março, e foram doenças isquêmicas do coração no País de Gales com 11,8% de todas as mortes.


fornecimento: https://www.chroniclelive.co.uk/information/north-east-news/north-east-gateshead-coronavirus-cases-20445124