Um novo filme da Lifetime lançado neste outono está impressionado com as experiências reais de {casais} navegando na fertilização in vitro, ou FIV.

o nosso correio foi entregue hoje?

Switched Before Birth conta a história de duas mulheres cujas vidas mudam para inesperadamente entrelaçadas após um erro durante o curso de fertilização in vitro de. Skyler Samuels de Scream Queens estrela como Olivia, que está grávida de gêmeos depois de sofrer uma série de abortos espontâneos e terapias de fertilização in vitro fracassadas.



Durante o curso de FIV, Olivia conhece Anna, interpretada por Justina Machado. Anna também lutou contra a infertilidade, e quando as duas mulheres engravidam ao mesmo tempo, elas se divertem juntas. A alegria não dura muito, embora. Anna sofre outro aborto espontâneo.

Quando Olivia oferece o começo para seus queridos gêmeos, fica claro que os bebês não são gêmeos em nenhum aspecto. Na verdade, um entre muitos bebês nem mesmo é o filho de Olivia, mas de Anna, implantado em Olivia por engano. Com cada Anna e Olivia se sentindo exatamente como a mãe da criança, os amigos da sala de preparação anteriores estão inesperadamente em desacordo.


‘Trocado antes do nascimento’ é uma homenagem a casais de verdade

De acordo com um comunicado à imprensa por meio do Futon Critic, o filme altamente eficaz é impressionado por contos de fertilização in vitro de certos {casais}. O objetivo do filme é lançar luz sobre pontos em todo o negócio de fertilidade.



Com cada vez mais mulheres recorrendo a consultores de fertilidade para ajudá-las a criar os lares com os quais sempre sonharam, acidentes devastadores e lacunas regulamentares foram descobertos em toda a empresa. Com a falta de supervisão regulatória das autoridades federais, há pouca repercussão para os serviços que extraviam materiais genéticos ou cometem erros diferentes com resultados duradouros, afirma o comunicado à imprensa.

O podcast Donor 9623 de 2020 revelou também os problemas da empresa, contando a história de um doador de esperma que fabricou informações particulares sobre seu perfil de doador, juntamente com seu histórico de bem-estar psicológico, e é o pai orgânico de 36 filhos.

O anúncio de Switched Before Birth vem simplesmente antes do aniversário da criança primária que já nasceu de estratégias de fertilização in vitro.



acaso o rapper está em casa

O diretor do filme teve um bebê usando fertilização in vitro

A atriz e diretora Elisabeth Röhm conhece bem a infertilidade e a fertilização in vitro. Na verdade, ela escreveu um livro de memórias sobre a concepção por meio de uma fertilização in vitro, conhecido como Passos de bebê: Ter o filho que sempre quis. Sua filha Easton nasceu em 2008.

Além disso, ela escreveu um blog para a People novamente em 2011 sobre suas experiências. Eu de forma alguma pensei em sair e discutir minha experiência com fertilização in vitro (FIV). Não é que eu seja tímido ou muito privado - vem principalmente do tópico ser um tabu social e realmente privado. Como uma senhora que precisava obter ajuda para ter a capacidade de carregar um bebê e transportar uma senhora infantil saudável, sou grato por ter o adequado para escolher para minha casa e no que diz respeito ao meu próprio físico, escreveu Röhm.

O diretor e a mãe não há muito tempo apresentaram o filme por meio do Instagram, informando que Switched at Birth vai ao ar em outubro. Eu pessoalmente enfrentei uma jornada de fertilização in vitro e estou muito grato por compartilhar este assunto com você no que espero provavelmente seja bem recebido, escreveu Röhm na legenda.

Röhm agora está separado do pai de sua filha. Em 2019, ela informou à People, meu único pesar como pai ou mãe poderia ser que eu não pudesse dar a ela uma dinâmica familiar ideal e que ela tivesse que passar por uma separação e residir nesta casa elegante de ir para a frente e para trás entre duas casas.