Um dono de cachorro do condado de Durham emitiu um aviso para outras pessoas depois que seu animal de estimação teve uma recuperação milagrosa da doença mortal do Alabama Rot.

Diane Cullen, 37, de Seaham afirmou que temia que seu amado galgo Dylan não pudesse sobreviver e o levou de carro até Londres para que ele pudesse obter o remédio que salvaria sua vida.

Felizmente, depois de 11 dias no Royal Veterinary College de Londres, Dylan teve permissão para morar com Diane, pedindo aos donos de casas de cachorro que ficassem vigilantes e mandassem seus animais de estimação para o check-out caso eles estivessem envolvidos.

A doença, que é considerada mortal para 9 em cada dez caninos, causa lesões nos poros e na pele que podem parecer picadas, feridas ou feridas e alguns caninos podem desenvolver insuficiência renal com risco de vida.

E embora o gatilho geralmente seja desconhecido, o importante para a sobrevivência é detectá-lo precocemente.

Diane viu pela primeira vez que uma coisa era inadequada quando uma redução na perna de Dylan pareceu piorar quando o pêlo se soltou e ela ou ele o levou ao veterinário em 21 de fevereiro.

Ela definiu: Ele tinha um corte que estava em sua perna que parecia incomodá-lo um pouco, mas eu não presumi que muito disso, porque ele é um cachorro enorme e ele avalia problemas.

Foi só na manhã seguinte que percebi o quanto isso o estava incomodando e parecia muito pior, o pelo havia se soltado.

Eu costumava ficar olhando para ele, depois disso, pensei que poderia ser Alabama Rot e foi assim que liguei para os veterinários de emergência.

Mesmo simplesmente pensando que isso é o que poderia ser, eu costumava estar fora de mim, simplesmente pensava que era isso.

Nos veterinários, Diane foi instruída que era provavelmente uma redução que estava contaminada, mas após exames de sangue e um exame em seus níveis renais, o pior foi confirmado.

Diane foi instruída a Dylan ter Alabama Rot e foi quando ela descobriu sobre o remédio no Royal Veterinary College em Londres, onde uma troca de plasma poderia ser realizada.

Ela afirmou: Adquiri dentro do automóvel, amontoei com gasolina e desci direto pela A1.

Ele ficou lá por cerca de 10 ou 11 dias. Ele deu a eles alguns sustos, porque sua pressão sangüínea caiu muito e ele praticamente parou de respirar.

Simplesmente parecia preferir que fosse um fator após o outro. Eu ficava simplesmente grudado no telefone pronto para ouvir como ele era, ficava simplesmente em uma montanha-russa emocional.



Diane Cullen temia perder seu cachorro Dylan depois que ele contraiu uma doença mortal devoradora de carne

Eu nunca chorei muito na minha vida e nunca mesmo com a capacidade de estar perto dele perceber que ele estava sozinho em um lugar estranho foi simplesmente terrível, mas os funcionários foram simplesmente excelentes, eu não posso agradecê-los o suficiente.

Eu passei pelos altos e baixos, considerando que não tinha certeza se ele iria ou não combatê-lo, depois disso eu costumava considerar que ele ficaria bem.

Eu disse tantas despedidas a ele. Foi trabalhoso, no entanto, eu precisava ser razoável devido ao quão baixa é a taxa de sobrevivência.

No entanto, uma semana depois, Diane adquiriu o nome de telefone que esperava com o veterinário dizendo que Dylan estava exibindo indicadores de encantamento.

Ela declarou: Eu não sabia se ele teria a sorte de ter a capacidade de se recuperar disso, mas foi exatamente o que ele fez.

Diane ficou emocionada em fazer a longa jornada novamente para Londres para levar a casa de Dylan, no entanto, logo depois que ele vomitou.

E então, uma hora depois que ele voltou para casa, ele estava doente mais uma vez e Diane foi instruída a controlá-lo e chamar os veterinários se ele piorar.

Diane afirmou: Eu costumava ficar acordada a noite toda simplesmente olhando para ele e ele estava lutando, simplesmente não estava propriamente.

Falei com o veterinário que estava realmente envolvido, eles geralmente me instruíam a colocá-lo em nossos veterinários regulares para exames de sangue.



Junte-se ao nosso novo modelo de site TeamDogs agora.

Quando você chegar lá, faça com que compartilhar uma imagem de seu cão em nossos Top Dogs seja um alimento para seu primeiro emprego muito sensato.

Talvez enquanto você executa isso, dê um conselho para ajudar outros donos de casinhas de cachorro dentro do grupo CrewDogs.

Dylan foi levado ao Veterinário para Animais de Estimação em Sunderland antes de ser transferido para a Referência de Weardale, onde foi descoberto que ele tinha um problema com a vesícula biliar que estava afetando seu fígado.

Ele recebeu remédios e voltou a se curar até que recentemente desenvolveu uma infecção por E-coli an.

Diane afirmou: Ainda assim, não acabou, mas eu costumava estar simplesmente considerando se ele pode passar pelo Alabama Rot, ele pode passar por quase alguma coisa.

Mas com todo o seu remédio, Dylan eliminou seu limite de seguro e agora Diane quer ajudar a cobrir as despesas de seus veterinários que estão em mais de £ 7.000 e desde então criou uma página de arrecadação de fundos.

Ela afirmou: Ele destruiu sua cobertura de seguro. Se algo lhe ocorrer, devo descobrir o dinheiro em algum lugar.

Provavelmente seria de alta qualidade com um cão tradicional, mas com Dylan, ele não sai pela metade!

Diane adquiriu Dylan, que se acredita ter 8 anos, de um centro de resgate depois que eles se descobriram por acaso.

Ela declarou: Acho que nos descobrimos por acaso. Eu nunca tive um cachorro antes e no futuro eu acordei e determinei que seria um passeador de cães.

Entrei em contato com uma instituição de caridade e dei uma olhada em seu site, descobri Dylan e simplesmente pensei que seria meu cachorro.



alex trebek lembrou-se de um especial 20 20

Dylan agora está se recuperando em morar

Depois de alguns meses passeando com ele, descobri que é cada vez mais difícil deixá-lo.

Especialmente durante o bloqueio, eu teria perdido meus pensamentos sem ele.

Ele adora indivíduos, se eu o levar para passear ele está o tempo todo tentando fazer com que os indivíduos digam oi, ele é tão agradável.

Tenho certeza de que cada proprietário de cachorro diz isso, mas ele é simplesmente excelente.

E agora Diane está alertando diferentes donos de casas de animais de estimação para ficarem atentos aos sinais.

Ela afirmou: As pessoas simplesmente presumem que ocorre quando os caninos estão passeando em áreas lamacentas ao redor das áreas de floresta, no entanto, isso claramente não é o que ocorreu com Dylan.

Eu o seguro e nós apenas passeamos pelo espaço costeiro de Seaham.

Eu simplesmente desejo encorajar as pessoas, se houver algo que não pareça regular, caso contrário, você está indeciso de onde uma coisa veio, dê uma olhada.

Pode ter sido um resultado final totalmente diferente para Dylan.

Se você quiser doar para a página da web Go Fund Me de Diane, você pode fazer isso aqui.


fornecimento: https://www.chroniclelive.co.uk/information/north-east-news/durham-dog-owners-warning-after-20253403

Categorias: Wiki Amazon-Prime Netflix