Alexa Loo, Nasim Pedrad, Jake Ryan em TBS ’ChadPicture: Liane Hentscher / TBSTV ReviewsTodas as nossas críticas de TV em um único lugar acessível.A nova comédia Chad demorou muito para chegar. Criado e estrelado por Nasim Pedrad, o show está em evolução desde 2016 e mudou as redes da Fox para a TBS. Pedrad não apenas escreveu e dirigiu o show; ela também enfrenta o problema de curtir o homônimo garoto de 14 anos que legalmente modificou seu título de Ferydoon para Chad Amani para soar mais americano. Ele tem apenas um objetivo no início do ensino médio: fazer amizade com a gangue que ele considera legal. É uma narrativa bem conhecida, no entanto Chad, que é iraniano-americano, precisa, além disso, navegar em sua identidade cultural ao lado de suas experiências de adolescente, embora ele normalmente opte por não agir. Chade coloca sua herança iraniana em segundo plano como um meio de se encaixar, embora seja ele quem a veja como um obstáculo. Após alguns episódios preliminares instáveis, a coleção consegue descobrir algumas narrativas emocionantes por meio de seu humor extraordinariamente incômodo. Chad se lembra do Pen15 do Hulu - que vê os criadores da coleção Maya Erskine e Anna Konkle interpretarem adolescentes da mesma forma - na maneira como induz arrepios no corpo inteiro com sua comédia e reflexos sobre a estranheza da vida docente. O personagem de Chad é definitivamente mais parecido com Michael Scott do The Office. Em um esforço honesto para ser cativante, Chad finalmente acaba contando piadas inadequadas, desconsidera - tanto involuntariamente ou intencionalmente - as emoções de diferentes pessoas e se insere nas conversas de outras pessoas. Chad também mente sobre tudo, desde perder a virgindade até adquirir um par de Jordans. A fraca eficiência de Pedrad suaviza o golpe do narcisismo de Chad, no entanto, independentemente dos conceitos artísticos do show, ele luta para compensar a personalidade inútil de Chad com momentos de decisão ou desenvolvimento. , 6 de abril às 22h30 ET na comédia TBSFormatHalf-hour; primeira temporada completa assistida para revisão Quando o show começa, Chad tem a fixação de se tornar um amigo com o garoto legal Reid (Thomas Barbusca) como uma alternativa de sair com seu grande amigo Peter (Jake Ryan). A obsessão de Chad por Reid continua crescendo como um adulto mais jovem experimentaria paixão romântica, embora Chad não anseie por nenhuma dama, no entanto Reid e sua reputação. Chad fornece uma espada amada por um mero ponto do Instagram e raramente atrapalha seus meios por meio de conversas, especialmente quando suas piadas não chegam. É doloroso observá-lo tentando fazer selfies em grupo ou jogar tênis recém-comprados na lata de lixo por causa da frustração. Chad não hesita em invocar detalhes brutais, inabaláveis, porém sensatos, que adicionam humor, além de um contato prático ao programa. Mas a maior desvantagem do personagem principal não é se os outros vão se contentar com ele ou não; é sua incapacidade de abraçar completamente sua identidade pessoal. Ele se recusa a reconhecer que é muçulmano porque tem medo da menor chance de ser rejeitado por isso. Ele não aprova o relacionamento de sua mãe divorciada Naz (Saba Homayoon) com uma pessoa chamada Ikrimah (Phillip Mullings Jr.) até que ele veja como isso pode beneficiá-lo: Ikrimah é um arrojado muçulmano negro que possivelmente se transformaria em um pai determinante . Assim como ele faz com Reid, Chad se apega a esse conceito de vínculo com o novo namorado de sua mãe até que ele se depara com uma noite extremamente incômoda. Chad faz de tudo para evitar falar sobre sua tradição persa, além de rejeitar a música tocada em sua casa, no entanto, mergulha na música Okay-Pop quando se junta ao Clube de Apreciação Asiática do time do colégio. Naz e seu tio Hamid (Paul Chahidi) gostam de lembrar suavemente a Chad que ele é muçulmano, e sua resposta muitas vezes vem junto com as tensões de Estou envergonhado com essa realidade. A mídia do G / O pode receber uma comissão. Por mais superficial que Chad seja, é possível simpatizar com a ansiedade de um jovem de 14 anos que não deseja ser discriminado - embora não o vejamos encontrando muito disso dentro do show. Mesmo as crianças que ele tenta agarrar não o intimidam por isso com métodos estereotipados. Na realidade, eles tentam estabelecer limites saudáveis. O que detém Chad novamente é que ninguém tenta treinar o adolescente sobre seus maus hábitos, o que impede o aprimoramento de seu caráter e, por sua vez, o acontecimento do show. Naz, Hamid e até mesmo a irmã de Chad, Niki (Ella Mika) são confortáveis ​​com seus poros e pele e têm uma compreensão astuta de sua tradição. Mas eles deixaram a rejeição de Chade voar sem muitas repercussões, o que pode minar a profundidade emocional de Chade. Mas na segunda metade da temporada, o show compensa o absurdo com o coração. Os claros pontos de papai de Chad - a explicação para ele agarrar-se a uma determinação machista - são explorados em métodos delicados conforme ele passa a olhar para seu relacionamento com cada Hamid e Peter, que seguem esse tipo de coisa. Sua supervisão de sua etnia pessoal também entra em ação quando Chad se concentra na identidade muçulmana de seu protagonista por meio das lentes de um menino ingênuo que simplesmente precisa ser admirado por seus amigos. Apesar de suas deficiências, é simples relacionar-se com Chad e seus problemas adolescentes. O show também pode ser conduzido por belos atores. A eficiência de Homayoon como Naz é sincera (embora o personagem possa usar um pouco mais de história de fundo), e Chahidi é comovente como um tio sempre amoroso. O sexto episódio, apropriadamente intitulado Hamid, baseia-se em seu personagem e está entre os mais evocativos da temporada. Pedrad incorpora perucas, camisetas grandes, um tipo de caminhada oscilante e uma voz grave, mas não exagera em sua eficiência como um garoto de 14 anos. Chad será simplesmente tão desajeitado quanto seu personagem central, embora com um tempo para se desenvolver, ele se torna um sincero encantador.
Este artigo foi impresso pela primeira vez em local na rede Internet

Categorias: Wiki Netflix Hulu