Dois irmãos South Shields que deixaram seus gatos com 'muita fome' e um cachorro com uma doença de pele não tratada foram proibidos de conservar animais.

grande irmão spoiler hoh vencedor

Os inspetores da RSPCA fizeram várias visitas à casa de Mark e Stephen Scott entre setembro de 2019 e fevereiro de 2020.

Rachael Hurst, uma inspetora da instituição de caridade, mencionou: Em uma das minhas visitas, havia um gato ruivo de pêlo curto consumindo freneticamente uma coisa do piso do banheiro, depois do banheiro, e os gatos opostos foram vistos na sala.

À distância, eles pareciam magros, mas ao tocá-los posso realmente sentir que seus ossos de seus quadris, coluna vertebral e costelas foram distinguidos.

Havia fezes no chão e a propriedade estava em um estado básico de mal cuidado, não havia papel de parede nas divisórias e os elementos do solo haviam sido arrancados, havia lixo e pacotes de comida mastigados espalhados pelo chão, alguns resíduos as bandejas estão transbordando de lixo. Notei algumas refeições e tigelas de água, mas todas estavam vazias.



A cadela de Mark e Stephen Scott, Lara

A RSPCA já havia feito várias visitas à propriedade entre setembro de 2019 e fevereiro de 2020 e emitido editais para levar a cadela Lara ao veterinário - o que não foi feito.

Infelizmente, dois dos gatos Shankly e Cuddles foram levados ao PDSA para cuidados, no entanto, estão em um método tão desagradável que os veterinários fizeram a difícil escolha de colocá-los para dormir para terminar sua luta em fevereiro.

Cuddles, descobriu-se que a gata de tartaruga feminina de quatro anos estava emaciada e o relatório do veterinário reconheceu que ela teria lutado vários dias antes de ser levada ao veterinário.

Um tribunal ouviu como os veterinários descobriram que Lara, a cadela mestiça, coçava muito e se coçou várias vezes durante o exame. Além disso, houve queda de cabelo ao lado dela novamente e a pele ficou preta, o que o veterinário acreditava ser uma resposta à irritação prolongada da pele.

Houve, adicionalmente, duas feridas abertas que foram superficialmente contaminadas e, embora não houvesse pulgas residuais, suspeitou-se de uma infestação por pulgas devido ao gatilho.



A cadela de Mark e Stephen Scott, Lara, após o remédio

O relatório do veterinário continuou: Este cão foi afetado pelo desconforto corporal e psicológico de coceira fixa e dor de feridas abertas. Hiperpigmentação significa doença de pele contínua, subsequentemente, estimo que essa condição já existia há pelo menos três meses. Isso pode ter sido simplesmente administrado pela intervenção de um cirurgião veterinário e, subsequentemente, foi uma luta inútil.

Os gatos foram examinados adicionalmente e considerados como estando abaixo do peso. No exame, dois dos gatos foram colocados em um frenesi com o cheiro das refeições e, quando servidas as refeições, eles as comeram instantaneamente, o que o relatório do veterinário reconheceu que conduziu à fome extrema. Todos os gatos confirmaram adicionalmente indicadores de infestação por pulgas.

Mark Anthony Scott, 20, de Vine Street, South Shields, foi condenado no Tribunal de Magistrados de South Tyneside na quarta-feira, 19 de maio de 2021, após ser descoberto o responsável em sua ausência. O tribunal descobriu que ele permitiu que outra pessoa em particular não oferecesse vitamina satisfatória para seus dois gatos, Tiger e Shadow, e não supervisionou seu irmão no cuidado deles.

Stephen Scott, 21, morava formalmente em Vine Street, South Shields, foi condenado anteriormente após ser confirmado como responsável por sua ausência no Tribunal de Magistrados de South Tyneside em 31 de março de 2021.

Ele falhou em oferecer vitamina satisfatória para os 2 gatos, falhou em oferecer remédio veterinário para a cadela Lara e confinou sete animais em um ambiente sujo e anti-higiênico.

Mark Anthony Scott foi condenado a 10 anos de proibição de conservar todos os animais, dos quais não é possível apelar por 2 anos. Ele foi multado em £ 162 e adicionalmente condenado a pagar os preços de £ 600, uma sobretaxa de paciente de £ 34 e £ 250 em despesas de veterinário.

Stephen Scott, agora de Hillsview Avenue, Newcastle, foi condenado a uma ordem de bairro de 18 meses com 26 dias de exercícios de reabilitação, 150 horas de trabalho não remunerado, além da proibição de conservar todos os animais em todos os momentos que ele não pode encantar por não menos de três anos. Ele também foi condenado a pagar £ 400 em preços e uma sobretaxa de sofredor de £ 85.

Na mitigação, Stephen Scott mencionou que ele tem uma incapacidade de estudo e melancolia e que havia uma falta de habilidade para lidar com os animais ligeiramente do que negligência gratuita.


fornecimento: https://www.chroniclelive.co.uk/information/north-east-news/brothers-who-left-cats-severely-20676009

Categorias: Wiki Notícia Amazon-Prime